*É um Lusófono com L grande? Então adira ao MIL: vamos criar a Comunidade Lusófona!*
BLOGUE DO MIL: MOVIMENTO INTERNACIONAL LUSÓFONO

Participe também nas nossas páginas "facebook":

http://www.facebook.com/groups/2391543356/
http://www.facebook.com/groups/168284006566849/

E veja os nossos vídeos:
http://www.youtube.com/movimentolusofono

Apoiado por muitas das mais relevantes personalidades da nossa sociedade civil, o MIL é um movimento cultural e cívico registado notarialmente no dia quinze de Outubro de 2010, que conta já com mais de 40 milhares de adesões de todos os países e regiões do espaço lusófono. Entre os nossos órgãos, eleitos em Assembleia Geral, inclui-se um Conselho Consultivo, constituído por uma centena de pessoas, representando todo o espaço da lusofonia.
Defendemos o reforço dos laços entre os países e regiões do espaço lusófono – a todos os níveis: cultural, social, económico e político –, assim procurando cumprir o sonho de Agostinho da Silva: a criação de uma verdadeira comunidade lusófona, numa base de liberdade e fraternidade.

SEDE: Palácio da Independência, Largo de São Domingos, nº 11 (1150-320 Lisboa)
NIB: 0036 0283 99100034521 85; IBAN: PT50 0036 0283 9910 0034 5218 5; BIC: MPIOPTPL; NIF: 509 580 432

Caso pretenda aderir ao MIL, envie-nos um e-mail: adesao@movimentolusofono.org (indicar nome e área de residência). Para outros assuntos: info@movimentolusofono.org. Contacto por telefone: 967044286.

"Trata-se, actualmente, de poder começar a fabricar uma comunidade dos países de língua portuguesa"

"Trata-se, actualmente, de poder começar a fabricar uma comunidade dos países de língua portuguesa"
Trata-se, actualmente, de poder começar a fabricar uma comunidade dos países de língua portuguesa, política essa que tem uma vertente cultural e uma outra, muito importante, económica.

A direita me considera como da esquerda; esta como sendo eu inclinado à direita; o centro me tem por inexistente. Devo estar certo.


Agostinho da Silva

terça-feira, 13 de outubro de 2015

Agenda MIL até ao final do ano


Um ano após termos assinalado os 8 séculos da língua portuguesa e, entre outras datas, os 80 anos da publicação da “Mensagem” de Fernando Pessoa, o corrente ano tem sido igualmente fértil em datas e acontecimentos. A este propósito, lembramos apenas, no primeiro semestre, a realização do III Congresso da Cidadania Lusófona, coordenado pelo MIL: Movimento Internacional Lusófono no âmbito da PASC: Plataforma de Associações da Sociedade Civil, sobre “A Importância das Diásporas Lusófonas”, bem como o lançamento do 15º da Revista Nova Águia, que assinalou um duplo centenário: o da Revista Orpheu e o da obra de Teixeira de Pascoaes “Arte de Ser Português”, que culminou um Colóquio sobre “A Obra e o Pensamento de Ariano Suassuna”, promovido pelo Instituto de Filosofia Luso-Brasileira.

Este segundo semestre, porém, promete não ficar atrás do primeiro. Assim, até ao final do ano, teremos uma série de eventos não menos relevantes. Em meados de Outubro, no Porto e em Lisboa, decorrerá o Congresso Internacional de Língua Portuguesa: Filosofia e Literatura, que se realizará em torno da figura de Fidelino de Figueiredo, evento promovido pelo Instituto de Filosofia da Universidade do Porto, em parceria com a Universidade de São Paulo e a Cátedra Fidelino de Figueiredo, sediada na Universidade do Estado da Baía. Ainda em Outubro, na última semana, teremos um Colóquio sobre “A Obra e o Pensamento de José Enes”, promovido pelo Instituto de Filosofia Luso-Brasileira, em parceria com a Universidade dos Açores, a Universidade Católica Portuguesa e a Casa dos Açores em Lisboa, a decorrer em Lisboa e Ponta Delgada, no âmbito do qual se lançará o 16º da Revista Nova Águia, que terá como figura de destaque Sampaio Bruno, por ocasião do centenário do seu falecimento.

Na primeira semana de Novembro, de resto, irá decorrer um Congresso sobre “A Obra e o Pensamento de Sampaio Bruno”, promovido pelo Instituto de Filosofia Luso-Brasileira, em parceria com o Centro Regional do Porto da Universidade Católica Portuguesa, o Instituto de Filosofia da Universidade do Porto e a Biblioteca Pública Municipal do Porto. Na segunda quinzena de Novembro, por fim, irá decorrer a primeira edição do Festival Literário de Fátima “Tabula Rasa”, a realizar-se em parceria com o MIL: Movimento Internacional Lusófono e a Nova Águia, que irá reunir mais de meia centena de personalidades da cultura lusófona, começando por Fernando Dacosta, Narana Coissoró e Ximenes Belo, até Eduardo Lourenço, que receberá um Prémio pela sua Vida e Obra, passando por representantes de todos os países e regiões do amplo e plural espaço de língua portuguesa. Um grande ano, pois, em datas e acontecimentos, este, o de 2015.

Sem comentários: