*É um Lusófono com L grande? Então adira ao MIL: vamos criar a Comunidade Lusófona!*
BLOGUE DO MIL: MOVIMENTO INTERNACIONAL LUSÓFONO

Participe também nas nossas páginas "facebook":

http://www.facebook.com/groups/2391543356/
http://www.facebook.com/groups/168284006566849/

E veja os nossos vídeos:
http://www.youtube.com/movimentolusofono

Apoiado por muitas das mais relevantes personalidades da nossa sociedade civil, o MIL é um movimento cultural e cívico registado notarialmente no dia quinze de Outubro de 2010, que conta já com mais de 40 milhares de adesões de todos os países e regiões do espaço lusófono. Entre os nossos órgãos, eleitos em Assembleia Geral, inclui-se um Conselho Consultivo, constituído por uma centena de pessoas, representando todo o espaço da lusofonia.
Defendemos o reforço dos laços entre os países e regiões do espaço lusófono – a todos os níveis: cultural, social, económico e político –, assim procurando cumprir o sonho de Agostinho da Silva: a criação de uma verdadeira comunidade lusófona, numa base de liberdade e fraternidade.

SEDE: Palácio da Independência, Largo de São Domingos, nº 11 (1150-320 Lisboa)
NIB: 0036 0283 99100034521 85; IBAN: PT50 0036 0283 9910 0034 5218 5; BIC: MPIOPTPL; NIF: 509 580 432

Caso pretenda aderir ao MIL, envie-nos um e-mail: adesao@movimentolusofono.org (indicar nome e área de residência). Para outros assuntos: info@movimentolusofono.org. Contacto por telefone: 967044286.

"Trata-se, actualmente, de poder começar a fabricar uma comunidade dos países de língua portuguesa"

"Trata-se, actualmente, de poder começar a fabricar uma comunidade dos países de língua portuguesa"
Trata-se, actualmente, de poder começar a fabricar uma comunidade dos países de língua portuguesa, política essa que tem uma vertente cultural e uma outra, muito importante, económica.

A direita me considera como da esquerda; esta como sendo eu inclinado à direita; o centro me tem por inexistente. Devo estar certo.


Agostinho da Silva

segunda-feira, 26 de março de 2012

BRILHA UMA ESTRELA SUPERNOVA

Enfim,aconteceu o que já era esperado,devido as fragilidades do seu corpo físico.Chico Anysio partiu para as estrelas.
 Acho que ele resolveu exilar-se no Cosmos aperreado com a nossa mediocridade nacional. É difícil para um gênio conviver com beócios; mesmo um gênio compreensivo e bem humorado como Chico.
 Nosso excelente humor brasileiro ,que já foi berço de humoristas de marca como Oscarito,Grande Otelo,Zé Trindade ,Costinha e outros que agora me fogem á lembrança,anda meio comprometido num país assaltado por seitas evangélicas para as quais, o riso é uma falta de vergonha e o humor uma das ante salas do Inferno,não está propício á chegada de mestres do riso.
 Sem contar a nossa falta de inteligência e de cultura que nos faz cultuar o Teló em detrimento de Vinicius,por exemplo.Antes,Garota de Ipanema,hoje Ai se eu te pego... Sentiram o tamanho da encrenca,vocês que ainda são possuidores de uns poucos neurônios,como eu?
 O pior é que não partiu apenas um gênio.Ele não era um homem só,mas,tantos..
. Desapareceram ,ou melhor,ficaram em backup,a Salomé,o Professor Raimundo, o Justo Veríssimo (presente agora,com outras roupagens ,apenas em Brasília), o Alberto Roberto,Sêu Pantaleão,o Prefeito Canavieiras,esse agora se dedicará a fazer negócios com a Toesa et caterva, O Divino - tantos outros – Deus do céu,agora lá vai ficar mais alegre e aqui cada vez mais sombrio...
 Através do Canal Viva,por um certo tempo,poderei revê-lo e fazer o meu relax psicológico de todos os dias ,depois de ler os jornais da manhã. Pelo menos,isto!
 Chico,que passou pela vida semeando risos e alegrias,não descanse em paz.Continue criativo e alegre onde você estiver e, se puder,canalize um pouco do seu múltiplo talento,diretamente para as cabecinhas dos nossos futuros humoristas.. O país inteiro agradecerá.
 Você dizia que com o humor não poderia mudar nada ,mas, poderia continuar denunciando e atucanando os malfeitores ,desse e de outros rincões; porque desassossegar é o ofício do artista,seja ele escritor ou humorista.
 Chico total e para sempre na nossa lembrança.

Sem comentários: