*É um Lusófono com L grande? Então adira ao MIL: vamos criar a Comunidade Lusófona!*
BLOGUE DO MIL: MOVIMENTO INTERNACIONAL LUSÓFONO

Participe também nas nossas páginas "facebook":

http://www.facebook.com/groups/2391543356/
http://www.facebook.com/groups/168284006566849/

E veja os nossos vídeos:
http://www.youtube.com/movimentolusofono

Apoiado por muitas das mais relevantes personalidades da nossa sociedade civil, o MIL é um movimento cultural e cívico registado notarialmente no dia quinze de Outubro de 2010, que conta já com mais de 40 milhares de adesões de todos os países e regiões do espaço lusófono. Entre os nossos órgãos, eleitos em Assembleia Geral, inclui-se um Conselho Consultivo, constituído por uma centena de pessoas, representando todo o espaço da lusofonia.
Defendemos o reforço dos laços entre os países e regiões do espaço lusófono – a todos os níveis: cultural, social, económico e político –, assim procurando cumprir o sonho de Agostinho da Silva: a criação de uma verdadeira comunidade lusófona, numa base de liberdade e fraternidade.

SEDE: Palácio da Independência, Largo de São Domingos, nº 11 (1150-320 Lisboa)
NIB: 0036 0283 99100034521 85; IBAN: PT50 0036 0283 9910 0034 5218 5; BIC: MPIOPTPL; NIF: 509 580 432

Caso pretenda aderir ao MIL, envie-nos um e-mail: adesao@movimentolusofono.org (indicar nome e área de residência). Para outros assuntos: info@movimentolusofono.org. Contacto por telefone: 967044286.

"Trata-se, actualmente, de poder começar a fabricar uma comunidade dos países de língua portuguesa"

"Trata-se, actualmente, de poder começar a fabricar uma comunidade dos países de língua portuguesa"
Trata-se, actualmente, de poder começar a fabricar uma comunidade dos países de língua portuguesa, política essa que tem uma vertente cultural e uma outra, muito importante, económica.

A direita me considera como da esquerda; esta como sendo eu inclinado à direita; o centro me tem por inexistente. Devo estar certo.


Agostinho da Silva

quinta-feira, 25 de fevereiro de 2016

Nascida das Filosofias do Despertar a Solução da Europa...

Face ao que está ocorrendo no mundo, nomeadamente na Europa e em França na cidade de Paris, a Humanidade e os seus principais dirigentes estão demonstrando uma total incapacidade em poder controlar o "caos" que tem vindo a ser gerado por minorias fundamentalistas, nomeadamente nas áreas das religiões, onde a política e a economia têm vindo a sofrer um completo "amalgamento"! Estamos pois, todos nós, Humanidade, a ser sujeitos a um rumo incerto e perigoso que nos vai vaticinar um futuro terrível, onde o sofrimento irá imperar de uma forma absolutamente indefinida e tendo por meta a própria extinção da espécie humana. É este o futuro que nos está reservado! Perguntamos? Será que não haverá uma solução para ir ao encontro desse mesmo terrível destino? Pensamos que sim! Trata-se de uma solução simples, inteligente e objetiva! Essa mesma solução passa pela Bíblia e precisamente pelo seu Antigo Testamento que de acordo com as escrituras Hebraicas, no Livro de Daniel, capítulo 2, aquele religioso veio a basear-se num mito num trecho bíblico que narra a história do rei Nabucodonosor II e do seu sonho com uma estátua erguida com cinco tipos de materiais, sendo o Quinto Império uma crença messiânica, milenarista concebida pelo Padre António Vieira (História do Futuro). Posteriormente a utopia do Quinto Império estará presente na obra de Fernando Pessoa, em "Mensagem." Poderemos concluir que o "Quinto Império" foi uma forma de legitimar o movimento autonomista português que conseguiu o fim da "União Ibérica". E na base desta realidade histórica poderemos, agora, no Século XXI transpô-la para a nossa realidade quando a Humanidade tem vindo a defrontar-se de forma crescente com o problema do fundamentalismo islâmico recorrendo a importantes princípios e conhecimentos contidos na Ciência; na Economia e na Religião, e nesta última estamo-nos referindo à sua essência que é a espiritualidade humana que na realidade é independente de qualquer tipo de religião porque esta é fruto do imaginário humano e a outra - a espiritualidade é uma emanação própria da natureza do ser humano!


Face ao avanço da Ciência Política há possibilidade de se desenvolver uma análise realista e objetiva e que ao longo da História da Humanidade que remonta a muitos e muitos milhares de anos retirar importantes ilações comparando-se os dois tipos de civilizações - uma regida pelo império das normas ou imposições religiosas no caso específico do fundamentalismo islâmico e a outra dominada pelo positivismo materialista que efetivamente tem vindo a dominar cada vez mais o mundo ocidental onde "a ganância e a cegueira do lucro" são fatores crescentemente dominantes!
 
Queremos concluir que efetivamente na narrativa do livro - "Ensaio Sobre a Doutrina do Quinto Império - Uma Nova Perspetiva Social", ali é desenvolvido um pensamento que nos poderá conduzir à criação de uma "formula" que irá ao encontro da solução dos acuais problemas que a civilização do Ocidente de uma forma dramática está enfrentando. Tal como o nosso Padre António Vieira encontrou uma solução para desfazer a indesejável "União Ibérica", também nós, no Ocidente poderemos encontrar uma fórmula desejável para combatermos o fundamentalismo islâmico e eliminarmos definitivamente o materialismo desenfreado que domina as sociedades ditas evoluídas do Século XXI.
 
No livro - "Ensaio Sobre a Doutrina do Quinto Império - Uma Nova Perspetiva Social", ali é desenvolvido e feita uma abordagem política, sociológica e espiritualista poderemos retirar importantes ilações para a possibilidade da criação de uma nova ideologia que terá como pilares princípios como a Espiritualidade; a Solidariedade: a Sobriedade e a Cooperação que poderá vir a dar origem a um novo tipo de sociedade, onde fatores ligados ao lucro; à propriedade privada, à própria religião e a diferentes circunstâncias associadas àqueles irão sofrer profundas alterações e não vão ser as ideologias, tais como: -o marxismo; a social-democracia; o socialismo democrático: o neoliberalismo que irão ter qualquer tipo de expressão ou influência nas sociedades do futuro, onde a democracia participativa terá um peso determinante e expressivo e onde as gerações mais idosas virão a ter uma importância fundamental para o desenvolvimento intelectual, social e espiritual das novas comunidades do Século XXI.

Sem dúvida que o Mito do Quinto Império, agora transformado numa doutrina tem como sua fonte inspiradora uma Filosofia do Despertar que é precisamente o Racionalismo Cristão ou seja: a Doutrina do Quinto Império!
 
Jacinto Alves, escritor e ensaísta

Sem comentários: