*É um Lusófono com L grande? Então adira ao MIL: vamos criar a Comunidade Lusófona!*
BLOGUE DO MIL: MOVIMENTO INTERNACIONAL LUSÓFONO

Participe também nas nossas páginas "facebook":

http://www.facebook.com/groups/2391543356/
http://www.facebook.com/groups/168284006566849/

E veja os nossos vídeos:
http://www.youtube.com/movimentolusofono

Apoiado por muitas das mais relevantes personalidades da nossa sociedade civil, o MIL é um movimento cultural e cívico registado notarialmente no dia quinze de Outubro de 2010, que conta já com mais de 40 milhares de adesões de todos os países e regiões do espaço lusófono. Entre os nossos órgãos, eleitos em Assembleia Geral, inclui-se um Conselho Consultivo, constituído por uma centena de pessoas, representando todo o espaço da lusofonia.
Defendemos o reforço dos laços entre os países e regiões do espaço lusófono – a todos os níveis: cultural, social, económico e político –, assim procurando cumprir o sonho de Agostinho da Silva: a criação de uma verdadeira comunidade lusófona, numa base de liberdade e fraternidade.

SEDE: Palácio da Independência, Largo de São Domingos, nº 11 (1150-320 Lisboa)
NIB: 0036 0283 99100034521 85; IBAN: PT50 0036 0283 9910 0034 5218 5; BIC: MPIOPTPL; NIF: 509 580 432

Caso pretenda aderir ao MIL, envie-nos um e-mail: adesao@movimentolusofono.org (indicar nome e área de residência). Para outros assuntos: info@movimentolusofono.org. Contacto por telefone: 967044286.

"Trata-se, actualmente, de poder começar a fabricar uma comunidade dos países de língua portuguesa"

"Trata-se, actualmente, de poder começar a fabricar uma comunidade dos países de língua portuguesa"
Trata-se, actualmente, de poder começar a fabricar uma comunidade dos países de língua portuguesa, política essa que tem uma vertente cultural e uma outra, muito importante, económica.

A direita me considera como da esquerda; esta como sendo eu inclinado à direita; o centro me tem por inexistente. Devo estar certo.


Agostinho da Silva

sábado, 6 de fevereiro de 2016

Alegada participação de Lula em tráfico de influências sob investigação federal

Alegada participação de Lula em tráfico de influências sob investigação federal      
O ex-Presidente brasileiro Lula da Silva está a ser investigado pela Polícia Federal pela alegada participação num esquema de tráfico de influências, anunciou hoje fonte policial em Brasília.
Em causa está a alegada participação de Luiz Inácio Lula da Silva num esquema de compra de medidas provisórias em benefício de empresas do sector automóvel.
Um documento enviado hoje pelo delegado federal Marlon Cajado para o juiz Vallisney Souza Oliveira, que conduz a Operação Zelotes, pede a abertura de um novo inquérito para apurar a participação de Lula e de outros servidores públicos.
O ex-Presidente já havia sido convocado para depor como testemunha de defesa do empresário Alexandre Paes dos Santos, um dos 16 acusados de participar do mesmo esquema, tendo sido ouvido no passado dia 06 de janeiro.
A Operação Zelotes, desencadeada em março de 2015, investiga o pagamento de subornos a membros do Conselho Administrativo de Recursos Fiscais (Carf) para favorecer empresas do sector automóvel.
No ano passado, a Polícia Federal estimou que o esquema pode ter causado um prejuízo de pelo menos 6 mil milhões de reais (mais de 1,3 mil milhões de euros) em dívidas canceladas junto do fisco.
O mesmo inquérito também investiga se as empresas fabricantes de veículos e peças pagaram subornos a intermediários e membros do Governo fazerem lóbi em prol de medidas de incentivo ao setor, que foram editadas nos executivos de Lula e da atual Presidente Dilma Rousseff.
Entre 2009 e 2013, fabricantes de veículos e peças foram beneficiadas com isenção fiscal e mudanças de algumas regras de arrecadação de imposto.
Além desta investigação, Lula também tem sido citado por delatores ouvidos dentro das investigações de corrupção da Petrobras, e num outro inquérito em São Paulo que apura se o ex-Presidente escondeu bens da Justiça.
Diário Digital com Lusa

Sem comentários: