*É um Lusófono com L grande? Então adira ao MIL: vamos criar a Comunidade Lusófona!*
BLOGUE DO MIL: MOVIMENTO INTERNACIONAL LUSÓFONO

Participe também nas nossas páginas "facebook":

http://www.facebook.com/groups/2391543356/
http://www.facebook.com/groups/168284006566849/

E veja os nossos vídeos:
http://www.youtube.com/movimentolusofono

Apoiado por muitas das mais relevantes personalidades da nossa sociedade civil, o MIL é um movimento cultural e cívico registado notarialmente no dia quinze de Outubro de 2010, que conta já com mais de 40 milhares de adesões de todos os países e regiões do espaço lusófono. Entre os nossos órgãos, eleitos em Assembleia Geral, inclui-se um Conselho Consultivo, constituído por uma centena de pessoas, representando todo o espaço da lusofonia.
Defendemos o reforço dos laços entre os países e regiões do espaço lusófono – a todos os níveis: cultural, social, económico e político –, assim procurando cumprir o sonho de Agostinho da Silva: a criação de uma verdadeira comunidade lusófona, numa base de liberdade e fraternidade.

SEDE: Palácio da Independência, Largo de São Domingos, nº 11 (1150-320 Lisboa)
NIB: 0036 0283 99100034521 85; IBAN: PT50 0036 0283 9910 0034 5218 5; BIC: MPIOPTPL; NIF: 509 580 432

Caso pretenda aderir ao MIL, envie-nos um e-mail: adesao@movimentolusofono.org (indicar nome e área de residência). Para outros assuntos: info@movimentolusofono.org. Contacto por telefone: 967044286.

"Trata-se, actualmente, de poder começar a fabricar uma comunidade dos países de língua portuguesa"

"Trata-se, actualmente, de poder começar a fabricar uma comunidade dos países de língua portuguesa"
Trata-se, actualmente, de poder começar a fabricar uma comunidade dos países de língua portuguesa, política essa que tem uma vertente cultural e uma outra, muito importante, económica.

A direita me considera como da esquerda; esta como sendo eu inclinado à direita; o centro me tem por inexistente. Devo estar certo.


Agostinho da Silva

segunda-feira, 27 de outubro de 2014

Dilma Rousseff reeleita presidente nas eleições mais apertadas de sempre no Brasil

Dilma Rousseff reeleita presidente nas eleições mais apertadas de sempre no Brasil


Dilma Rousseff, a candidata do Partido dos Trabalhadores e actual presidente brasileira, foi reeleita este domingo para um segundo mandato naquela que foi a votação mais «apertada» de sempre no Brasil.

Quando estão apurados 99,90% dos votos, Dilma soma 51,63%, conta os 48,37% de Aécio Neves, candidato do Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB).
Dilma Rousseff venceu em 15 dos estados: Alagoas (62,12%), Bahia (70,15%), Ceará (76,75%), Maranhão (78,76%), Paraíba (64,26%), Pernambuco (70,20%), Piauí (78,29%), Rio Grande do Norte (69,96%), Sergipe (67,01%), Amazonas (64,98%), Amapá (61,45%), Pará (57,41%), Tocantins (59,48%), Minas Gerais (52,41%) e Rio de Janeiro (54,94%).
Já Aécio Neves foi o mais votado em Rondônia (54,85%), Acre (63,86%), Mato Grosso (54,67%), Mato Grosso do Sul (56,33%), Goiás (57,11%), Distrito Federal (61,90%), Santa Catarina (64,59%), Rio Grande do Sul (53,53%), Paraná (60,98%), São Paulo (64,31%), Espírito Santo (53,85%) e Roraima (58,90%).

1 comentário:

João Paulo Barros disse...

Eu tinha 14 anos quando houve o impeachment do ex-Presidente Fernando Collor de Mello. Mas eu nunca vi o povo brasileiro com tanto ódio por causa de política como agora. Eu acredito que o Brasil vai passar por turbulências políticas. Parte da sociedade civil não está aceitando a reeleição da Dilma, e alguns já pediram aos militares que deem um golpe de Estado e os militares já responderam recusando atender os pedidos, outros falam em separar alguns estados do restante do Brasil, outros estão com discursos xenófobos contra os Nordestinos, estou enojado com o que tenho visto na internet nestes últimos dias. Não sou petista, não votei na Dilma mas, não concordo com o comportamento preconceituoso de muitos compatriotas meus.