*É um Lusófono com L grande? Então adira ao MIL: vamos criar a Comunidade Lusófona!*
BLOGUE DO MIL: MOVIMENTO INTERNACIONAL LUSÓFONO

Participe também nas nossas páginas "facebook":

http://www.facebook.com/groups/2391543356/
http://www.facebook.com/groups/168284006566849/

E veja os nossos vídeos:
http://www.youtube.com/movimentolusofono

Apoiado por muitas das mais relevantes personalidades da nossa sociedade civil, o MIL é um movimento cultural e cívico registado notarialmente no dia quinze de Outubro de 2010, que conta já com mais de 40 milhares de adesões de todos os países e regiões do espaço lusófono. Entre os nossos órgãos, eleitos em Assembleia Geral, inclui-se um Conselho Consultivo, constituído por uma centena de pessoas, representando todo o espaço da lusofonia.
Defendemos o reforço dos laços entre os países e regiões do espaço lusófono – a todos os níveis: cultural, social, económico e político –, assim procurando cumprir o sonho de Agostinho da Silva: a criação de uma verdadeira comunidade lusófona, numa base de liberdade e fraternidade.

SEDE: Palácio da Independência, Largo de São Domingos, nº 11 (1150-320 Lisboa)
NIB: 0036 0283 99100034521 85; IBAN: PT50 0036 0283 9910 0034 5218 5; BIC: MPIOPTPL; NIF: 509 580 432

Caso pretenda aderir ao MIL, envie-nos um e-mail: adesao@movimentolusofono.org (indicar nome e área de residência). Para outros assuntos: info@movimentolusofono.org. Contacto por telefone: 967044286.

"Trata-se, actualmente, de poder começar a fabricar uma comunidade dos países de língua portuguesa"

"Trata-se, actualmente, de poder começar a fabricar uma comunidade dos países de língua portuguesa"
Trata-se, actualmente, de poder começar a fabricar uma comunidade dos países de língua portuguesa, política essa que tem uma vertente cultural e uma outra, muito importante, económica.

A direita me considera como da esquerda; esta como sendo eu inclinado à direita; o centro me tem por inexistente. Devo estar certo.


Agostinho da Silva

sábado, 1 de setembro de 2012

EM DEFESA DO MUNICIPALISMO PORTUGUÊS:

Não parece haver dúvidas de que a História de Portugal, desde as suas origens até aos nossos dias, está intimamente ligada à instituição do munícipio, ou do concelho !
O MUNICIPALISMO, apresenta-se como um factor importante e decisivo para a evolução material e espiritual do Povo Português !
É surpreendente verificar de que um povo com perto de nove séculos de existência, mostre ainda e agora no Século XXI, uma passividade e uma aparente atrofia civilizacional, imprópria da sua condição natural e histórica. Efectivamente se formos analisar o nosso passado histórico, ali iremos observar importantes acontecimentos que pela sua natureza intrínseca mudaram ou alteraram o próprio rumo da Humanidade ! Realmente um pequeno povo situado na periferia mais ocidental da Europa que pela sua força moral, saber e coragem e utilizando fracos recursos soube enfrentar realidades que até ali nenhum outro povo mais avançado, sabedor e dispondo de maiores recursos materiais teve a ousadia de alcançar ! Sim ! Tudo isto são realidades históricas num mundo em constante mutação ! Fomos no pretérito, agentes activos que deram ao mundo novos mundos !
O que se passa actualmente com o Povo Português ? Onde estão as velhas e admiráveis energias legadas pelos nossos Antepassados Ilustres ? Será que Portugal no futuro estará condenado a extinguir-se como nação ou a tornar-se um Protectorado de uma Espanha, de uma Alemanha, de um Brasil ou de uma Angola ? Analisando os acontecimentos presentes tudo nos leva a essas tristes conclusões !
O Grupo de Estudos Sinédrio Portus Cale - GESPC, com sede na cidade do Porto e futuro divulgador de uma nova ideologia denominada Doutrina da Cidadania Social, conseguiu elaborar uma ideia/síntese, que vai integralmente no sentido de ser possível gerar ou criar algo ao que nós chamaríamos de "singularidade lusitana", a qual seria naturalmente um retomar do pensamento de um Fernando Pessoa ou de um Agostinho da Silva sobre a "continuidade de Portugal como Nação" !
Efectivamente todos nós somos "Filhos do Povo" e nele estamos inseridos. De facto as grandes realizações ou empreendimentos não são regra geral iniciados a "alto nível", sendo, pois, a gente do Povo que lhes dá início e a Cidade do Porto é um bom exemplo histórico de todas essas realidades a que nos temos vindo a referir. Foi a Cidade de Porto que deu o nome a Portugal !
Não estamos aqui com o intuito de influir nesta ou naquela doutrina mais ou menos conhecida ! Estamos sim, procurando divulgar a tal "ideia/síntese", que na verdade representa um conjunto de diferentes saberes e experiências que o GESPC vai procurar defender e divulgar e que lhe irá permitir a projecção de uma nova ideologia fundamentada na Cooperação; Cooperativismo e no Municipalismo e com ela procurar incentivar, estimular o Povo Português a reerguer-se das sombras da vil e vã tristeza que actualmente afecta a maioria dos Portugueses porque a outra parte menor continua tal como no passado histórico a "serem os vendilhões da Pátria ! "

Jacinto Alves

Sem comentários: