*É um Lusófono com L grande? Então adira ao MIL: vamos criar a Comunidade Lusófona!*
BLOGUE DO MIL: MOVIMENTO INTERNACIONAL LUSÓFONO

Participe também nas nossas páginas "facebook":

http://www.facebook.com/groups/2391543356/
http://www.facebook.com/groups/168284006566849/

E veja os nossos vídeos:
http://www.youtube.com/movimentolusofono

Apoiado por muitas das mais relevantes personalidades da nossa sociedade civil, o MIL é um movimento cultural e cívico registado notarialmente no dia quinze de Outubro de 2010, que conta já com mais de 40 milhares de adesões de todos os países e regiões do espaço lusófono. Entre os nossos órgãos, eleitos em Assembleia Geral, inclui-se um Conselho Consultivo, constituído por uma centena de pessoas, representando todo o espaço da lusofonia.
Defendemos o reforço dos laços entre os países e regiões do espaço lusófono – a todos os níveis: cultural, social, económico e político –, assim procurando cumprir o sonho de Agostinho da Silva: a criação de uma verdadeira comunidade lusófona, numa base de liberdade e fraternidade.

SEDE: Palácio da Independência, Largo de São Domingos, nº 11 (1150-320 Lisboa)
NIB: 0036 0283 99100034521 85; IBAN: PT50 0036 0283 9910 0034 5218 5; BIC: MPIOPTPL; NIF: 509 580 432

Caso pretenda aderir ao MIL, envie-nos um e-mail: adesao@movimentolusofono.org (indicar nome e área de residência). Para outros assuntos: info@movimentolusofono.org. Contacto por telefone: 967044286.

"Trata-se, actualmente, de poder começar a fabricar uma comunidade dos países de língua portuguesa"

"Trata-se, actualmente, de poder começar a fabricar uma comunidade dos países de língua portuguesa"
Trata-se, actualmente, de poder começar a fabricar uma comunidade dos países de língua portuguesa, política essa que tem uma vertente cultural e uma outra, muito importante, económica.

A direita me considera como da esquerda; esta como sendo eu inclinado à direita; o centro me tem por inexistente. Devo estar certo.


Agostinho da Silva

terça-feira, 2 de agosto de 2011

ONU seleciona no Brasil jovens profissionais para trabalhar na organização

Prazo para inscrições termina em 10 de setembro; candidatos têm que ter, entre outros requisitos, no máximo 32 anos, curso superior completo e saber inglês ou francês; concurso está sendo feito em 76 países incluindo Angola e Portugal.

As Nações Unidas iniciaram o processo de seleção anual para jovens profissionais. A escolha está sendo feita no Brasil e mais 75 países incluindo os lusófonos Angola e Portugal.

A lista de nações participantes varia a cada ano e é baseada no número de funcionários empregados pela ONU. As inscrições estarão abertas até 10 de setembro. A prova será realizada em 7 de dezembro, em várias partes do mundo.

Conhecimentos Gerais

Entre os requisitos para o Programa Jovens Profissionais estão idade máxima de 32 anos, curso superior completo e conhecimentos de inglês ou francês. A prova testa conhecimentos gerais, pensamento analítico, redação e assuntos internacionais.

Nesta entrevista à Rádio ONU, a analista-sênior de Política, Valeria de Campos Mello, que ingressou na organização pelo concurso, falou sobre a preparação.

“Eu recomendo estudar muito. Hoje em dia é mais fácil porque toda a informação disponível existe no site da ONU, então realmente (é necessário) ter um bom conhecimento do sistema da ONU, que é um sistema complexo e abrange todas as áreas. E para além do conhecimento técnico, o que contou no meu caso foi a capacidade de análise, de redação, análise e reflexão sobre os temas que estavam sendo tratados e síntese. Conseguir fazer uma prova bem escrita e no tempo que era determinado. E também, capacidade de comunicação”, detalhou.

Crescimento Econômico

O Brasil estava fora da lista de países participantes há alguns anos. Nesta entrevista à Rádio ONU, a embaixadora Maria Luiza Ribeiro Viotti falou sobre a presença de brasileiros na organização.

“Em anos recentes, com o crescimento econômico no Brasil e maior engajamento nas questões internacionais, a contribuição do Brasil para a ONU vem aumentando significativamente. No entanto, o número de brasileiros trabalhando nas Nações Unidas ainda é relativamente muito pequeno. Portanto, há uma situação de subrepresentação do Brasil nas Nações Unidas. Para se ter uma ideia, nós temos apenas 171 brasileiros trabalhando na ONU entre os 45 mil funcionários da organização”, explicou.

Para se inscrever no Programa Jovens Profissionais da ONU basta acessar o site das Nações Unidas, e fazer a inscrição, que é gratuita, até o dia 10 de setembro.

https://careers.un.org/lbw/home.aspx?viewtype=NCE

Fonte: Notícias Lusófonas

Sem comentários: