*É um Lusófono com L grande? Então adira ao MIL: vamos criar a Comunidade Lusófona!*
BLOGUE DO MIL: MOVIMENTO INTERNACIONAL LUSÓFONO

Participe também nas nossas páginas "facebook":

http://www.facebook.com/groups/2391543356/
http://www.facebook.com/groups/168284006566849/

E veja os nossos vídeos:
http://www.youtube.com/movimentolusofono

Apoiado por muitas das mais relevantes personalidades da nossa sociedade civil, o MIL é um movimento cultural e cívico registado notarialmente no dia quinze de Outubro de 2010, que conta já com mais de 40 milhares de adesões de todos os países e regiões do espaço lusófono. Entre os nossos órgãos, eleitos em Assembleia Geral, inclui-se um Conselho Consultivo, constituído por uma centena de pessoas, representando todo o espaço da lusofonia.
Defendemos o reforço dos laços entre os países e regiões do espaço lusófono – a todos os níveis: cultural, social, económico e político –, assim procurando cumprir o sonho de Agostinho da Silva: a criação de uma verdadeira comunidade lusófona, numa base de liberdade e fraternidade.

SEDE: Palácio da Independência, Largo de São Domingos, nº 11 (1150-320 Lisboa)
NIB: 0036 0283 99100034521 85; IBAN: PT50 0036 0283 9910 0034 5218 5; BIC: MPIOPTPL; NIF: 509 580 432

Caso pretenda aderir ao MIL, envie-nos um e-mail: adesao@movimentolusofono.org (indicar nome e área de residência). Para outros assuntos: info@movimentolusofono.org. Contacto por telefone: 967044286.

"Trata-se, actualmente, de poder começar a fabricar uma comunidade dos países de língua portuguesa"

"Trata-se, actualmente, de poder começar a fabricar uma comunidade dos países de língua portuguesa"
Trata-se, actualmente, de poder começar a fabricar uma comunidade dos países de língua portuguesa, política essa que tem uma vertente cultural e uma outra, muito importante, económica.

A direita me considera como da esquerda; esta como sendo eu inclinado à direita; o centro me tem por inexistente. Devo estar certo.


Agostinho da Silva

sábado, 2 de julho de 2011

Brasil: morreu ex-Presidente Itamar Franco

Um dos principais impulsionadores da CPLP com o seu amigo Aparecido Oliveira que foi Embaixador do Brasil em Lisboa

O senador e ex-presidente da República Itamar Franco faleceu hoje, aos 81 anos, no Hospital Israelita Albert Einstein onde estava internado desde o dia 21 de maio, informa a imprensa local.
Itamar tinha sido diagnosticado recentemente com leucemia e tinha-se reformado das suas atividades no Senado para tratar a doença.
No último dia 21, o ex-presidente foi internado com quadro de pneumonia, que se agravou na última sexta-feira.
O último boletim médico informava que Itamar respirava com a ajuda de aparelhos e, na madrugada deste sábado, sofreu um AVC.
O corpo de Itamar Franco será velado em Juiz de Fora, cidade do estado de Minas Gerais, onde nasceu, e depois será cremado em Belo Horizonte.

2 comentários:

Evy Eden Martins Prola disse...

À família enlutada e aos amigos, os nossos mais sinceros sentimentos.
Itamar Franco, participou de forma positiva, na ordem e progresso do Brasil. Foi Itamar Franco quem lançou o Plano Real. Foi Itamar Franco quem acabou com os altos índices de inflação no Brasil.
Que descanse em paz este grande lusófono.

EDUARDO NEVES MOREIRA disse...

Itamar Franco foi uma figura importante para a Lusofonia. Como Presidente da República, estimulado por José Aparecido de Oliveira, seu dileto amigo e conselheiro, ajudou a criar a CPLP. Depois de deixar a presidência, foi Embaixador do Brasil em Portugal, onde granjeou inúumeros amigos e estimulou as relações bilaterais, além de apoiar as iniciativas de consolidação da CPLP. Lembro-me que, à época, era dirigente da Alfândega do Aeroporto Internacional do Rio de Janeiro e sempre o recebia nas suas constantes visitas ao Brasil e êle me revelava a sua admiração crescente por Portugal e pelos portugueses. Ao regressar, após deixar o cargo para assumir nova função em Washington, declarou-me que estava pesaroso em deixar Lisboa e só não desistia de ir para os EUA porque ficava deselegante, mas que a sua vontade era de continuar em Portugal. Quando fui a Juiz de Fora, como orador nas festividades do dia 10 de Junho, fui surpreendido com uma grande homenagem, como nunca recebi igual, promovida por êle, à qual compareceram todas as personalidades da cidade. Que Deus lhe dê o descanso merecido. Itamar Franco deu exemplos de seriedade e de dedicação.